Última atualização: 29 setembro 2022
7 minutos

Está à procura de uma forma económica e segura de armazenar suas criptomoedas? Existem diferentes carteiras criptográficas disponíveis que oferecem serviços distintos aos utilizadores. Enquanto algumas delas proporcionam mais segurança, outras focam em conveniência, como as carteiras de software, ideais para aqueles que desejam armazenar seus ativos digitais e tê-los sempre ao seu alcance. Nesta categoria, a Exodus Wallet é uma das principais opções. Continue a ler para saber mais.

Tela inicial da Exodus Wallet
Hot / ColdHot (online)
Custodial / Não custodialNão custodial
SuporteMúltiplo: aplicação para desktop e dispositivos móveis, além de extensão para o navegador Chrome
Criptomoedas compatíveisMais de 260 ativos (moedas, altcoins e tokens)
Funções integradasCompra, troca, staking, hardware Trezor
PreçoGrátis
CustosSem comissão (somente taxas de rede)
Disponível em PortugalSim, a Exodus Wallet está disponível em Portugal
Disponível em portuguêsNão, somente em inglês

O que é a Exodus Wallet

A Exodus Wallet é uma carteira de criptomoedas que tem a função de armazenar os ativos digitais de seus utilizadores com segurança. Até o momento da redação deste artigo, mais de 260 criptomoedas de diferentes blockchains eram compatíveis coma ferramenta.

Tecnicamente, trata-se de uma carteira de software gratuita que se enquadra na categoria hot wallets (online). Além disso, a Exodus Wallet é não custodial, igualmente conhecida como carteira de auto-custódia. Isso significa que o utilizador tem o controlo total das suas chaves privadas e, por conseguinte, dos seus ativos digitais.

Iremos abordar essas características em mais detalhes ao longo deste artigo.

História da Exodus Wallet

A Exodus Wallet foi fundada em 2015 por JP Richardson e Daniel Castagnoli, que somaram suas experiências e habilidades para lançar este projeto:

  • JP Richardson liderou a parte técnica do projeto: seus códigos abertos são agora amplamente utilizados em muitos sites relacionados a criptomoedas.
  • Daniel Castagnoli assumiu a parte criativa do desenvolvimento da Exodus. Sua prestigiosa experiência inclui colaborações com empresas como Apple, BMW, Disney, Louis Vuitton e Nike.
Logomarca escura da Exodus Wallet

A Exodus Wallet foi concebida com o objetivo de tornar as criptomoedas acessíveis a todos.

Características da Exodus Wallet

Agora vamos explorar um pouco mais detalhadamente as características da carteira Exodus.

Hot wallet

Para começar, é importante esclarecer que a Exodus é uma hot wallet. Isso é crucial para saber se esta ferramente é a ideal para atender às suas necessidades. Na verdade, o tipo de carteira escolhido influencia o que poderá fazer com ela.

Extensão da Exodus Wallet para desktop

Bem, vamos explicar! As carteiras criptográficas dividem-se em duas categorias: hot wallet ou cold wallet. A diferença é bastante simples. As hot wallets estão sempre ligadas à Internet, enquanto as cold wallets, não. Cada uma tem as suas vantagens e desvantagens.

Como está ligada à Internet, uma hot wallet é facilmente acessível. Assim, terá sempre os seus fundos à mão para realizar operações. A disponibilidade dos fundos é, portanto, uma das vantagens da Exodus Wallet. No entanto, esse tipo de carteira apresenta riscos associados à Internet, como vulnerabilidade a ataques cibernéticos. As hot wallets podem assumir várias formas: carteira web, carteira de exchange, carteira de software (desktop ou móvel).

As cold wallets, por outro lado, não estão ligadas à Internet. Como resultado, os fundos estão menos vulneráveis a ataques de hackers. As carteiras de hardware (como a Ledger Wallet ou a Trezor) e as carteiras de papel são dois tipos de cold wallets.

Então, como aconselhamos utilizar a Exodus Wallet? O ideal é armazenar na sua Exodus Wallet apenas os fundos necessários para as atividades a curto prazo. É preferível guardar o restante das suas criptomoedas numa cold wallet.

Não custodial

Outra característica fundamental da Exodus Wallet é o seu caráter não custodial. Isso significa que as suas chaves privadas e dados pessoais pertencem a si; esses dados nunca são armazenados nos servidores da Exodus.

Na verdade, possuir a chave privada da sua carteira de criptomoedas é a única maneira de manter o controlo sobre os seus criptoativos. Em contrapartida, as carteiras hospedadas por plataformas de troca são frequentemente do tipo custodial. Nesse caso, é a plataforma de troca que possui as suas chaves privadas e, portanto, o controlo sobre os fundos. Isso pode ser perigoso. O que acontece se a exchange falir ou se a plataforma for, na verdade, uma fraude? Como pode imaginar, terá poucas chances de recuperar o seu dinheiro.

Exodus Wallet é multiblockchain e multicriptomoeda

Algumas carteiras criptográficas são totalmente dedicadas a uma blockchain específica, como o Ethereum. Isso não se aplica à carteira Exodus.

Exodus cyrpto list

Na verdade, a Exodus Wallet pode armazenar mais de 260 ativos distribuídos por várias blockchains. Por exemplo, além das conhecidas Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH), a Exodus é compatível com as seguintes criptomoedas e tokens:

Além disso, desde o final de 2021, a carteira suporta também NFTs baseados na blockchain Solana. Portanto, pode armazenar, visualizar, enviar e receber NFTs Solana através da interface Exodus.

Como usar a Exodus Wallet

A Exodus Wallet é uma carteira versátil e está disponível em três formatos: desktop, móvel e extensão para Chrome.

Aplicação móvel da Exodus Wallet
  • A aplicação móvel Exodus Mobile Wallet está disponível na App Store e no Google Play. Permite-lhe manter as suas criptomoedas no bolso a qualquer momento.
  • A Exodus Desktop Wallet é a versão para desktop, disponível para Windows, Mac e Linux.
  • A extensão Exodus para Chrome foi desenvolvida para ser usada nos navegadores Chrome e Brave. Permite explorar a Web3 nas redes Ethereum e Solana. Assim, pode interagir com aplicações DeFi, criar ou gerir NFTs, entre outras funcionalidades.

Exodus Wallet e os seus serviços integrados

Embora a Exodus seja fundamentalmente uma carteira de criptomoedas, não se limita apenas ao armazenamento de criptomoedas. Descubra outras funcionalidades incorporadas diretamente na sua interface.

Compra de criptomoedas

Tela de compra de criptomoedas na Exodus Wallet

O utilizador não precisa de recorrer a uma exchange para comprar novas moedas ou tokens. Na verdade, pode comprar diretamente na carteira.

A Exodus Wallet oferece três métodos de pagamento para a compra de criptomoedas:

  • Cartão de crédito ou débito;
  • Conta bancária;
  • Apple Pay.

Além disso, a ferramenta suporta diferentes moedas fiat: euro (EUR), libra esterlina (GBP) e dólar americano (USD).

Troca de criptomoedas

A Exodus também possui uma plataforma de troca integrada. Portanto, não precisa de mover os seus ativos para terceiros para fazer uma troca. Pode trocar as suas criptomoedas X por criptomoedas Y diretamente a partir da interface da Exodus.

Tela de troca de criptomoedas da Exodus Wallet

A carteira também apresenta características interessantes:

  • A Exodus faz parte da rede Lightning Network. Isso significa que os utilizadores podem realizar transações de Bitcoin de forma mais rápida e económica.
  • A Exodus estabeleceu parcerias com exchanges. Isso facilita as transações entre a Exodus e as plataformas de negociação.

Staking de criptomoedas

Com a Exodus Wallet, suas criptomoedas também podem gerar rendimento passivo através do staking de criptomoedas. Em meados de setembro de 2022, a Exodus Wallet oferece o staking das seguintes criptomoedas, juntamente com a taxa de juro anual (APY) associada (lista não exaustiva):

Criptomoedas na Exodus Wallet
  • Cardano (ADA): 3,30%;
  • Cosmos (ATOM): 18,97%;
  • Solana (SOL): 7%;
  • Algorand (ALGO): 7,96%;
  • Ontology (ONT): 17,08%.

Além desses, outros ativos digitais suportados para staking na Exodus incluem Polygon (MATIC), com taxas de juros entre 4,62% e 6,3%, e Dai (DAI), com taxas de até 12%. As recompensas por staking podem variar de acordo com o ativo e são anunciadas na carteira.

A Exodus disponibiliza uma calculadora que permite calcular os potenciais ganhos por staking.

Compatível com a carteira de hardware Trezor

A Exodus Wallet é compatível com a cold wallet Trevor

Por fim, é possível ligar uma carteira de hardware Trezor à Exodus Wallet. O software é compatível com os modelos One e T. Isso permite enviar, receber e trocar seus ativos digitais de forma fácil e rápida a partir do seu Trezor. Assim, pode beneficiar da máxima segurança do hardware Trezor enquanto desfruta da agilidade do software Exodus.

Quais as taxas da Exodus Wallet?

A Exodus permite que descarregue aceda seus produtos gratuitamente. Além disso, a receção e o armazenamento de ativos também são gratuitos. Isso não é surpreendente, uma vez que são padrão na maioria das carteiras de software.

Da mesma forma, os utilizadores da carteira terão de pagar as habituais taxas de rede quando enviam ativos. Essas taxas são usadas para manter a rede e são independentes da Exodus Wallet. O montante a ser pago varia em tempo real de acordo com o tráfego na rede.

Para as transações nas redes Bitcoin e Ethereum, há a opção de personalizar o montante dos honorários pagos à Exodus Wallet. Essa funcionalidade também é comum. Portanto, pode escolher seguir o preço recomendado pela Exodus ou ajustá-lo às suas necessidades. Se diminuir as taxas, a transação será mais lenta e poderá eventualmente não ser confirmada.

Opinião sobre a Exodus Wallet

A Exodus Wallet é uma carteira de criptomoedas confiável. Sendo não custodial, proporciona aos utilizadores controlo total sobre as suas chaves privadas, suportando mais de 260 ativos digitais. Destaca-se pela sua interface de utilizador amigável, sendo adequada para principiantes, e disponibiliza funcionalidades como staking e integração com aplicações de terceiros. Embora seja prática, é importante salientar que, como qualquer carteira de software ligada à internet, está sujeita a riscos de segurança online, como ataques de hackers e phishing.

Por falar em segurança, a Exodus nunca relatou uma violação de dados significativa. Contudo, já se registaram tentativas de phishing contra seus utilizadores. Embora o utlizador tenha autonomia sobre seus fundos, isso também acarreta um risco aumentado caso o dispositivo seja comprometido, roubado ou avariado. A Exodus realça a importância da proteção adequada das chaves privadas e da consciencialização sobre segurança na Internet.

Para garantir a segurança ao utilizar a Exodus Wallet, é essencial proteger a sua frase de recuperação de 12 palavras, conservando-a num local seguro e offline. Mantenha o software da carteira e do seu dispositivo atualizado, use senhas fortes e únicas, e fique alerta a tentativas de phishing. Para uma segurança adicional, especialmente com quantidades elevadas de criptomoedas, considere o uso de uma cold wallet (carteira de hardware). Evite aceder à sua carteira em redes Wi-Fi públicas e mantenha-se informado sobre as melhores práticas de segurança em criptomoedas.

eToro

  • Plataforma número 1 de copy trading
  • Rede social integrada de traders
  • Negociação de CFDs de criptomoedas

Exodus Wallet - perguntas frequentes

Posso fazer staking com a Exodus e ganhar rendimentos passivos?

Sim. Entre outras criptomoedas, a carteira Exodus oferece staking em Solana, Algorand, Cardano, Tezos, Ontology, VeChain e Cosmos.

Posso negociar na Exodus Wallet?

Sim, é possível fazer trocas de criptomoedas na carteira. No entanto, a negociação ativa não é muito conveniente.

A Exodus suporta o Bitcoin?

Sim, pode enviar e receber Bitcoins em endereços Legacy, SegWit e Taproot.

A Exodus Wallet é segura?

Sim, a Exodus Wallet é considerada segura, mas a segurança dos seus ativos depende também das medidas de segurança adotadas pelo utilizador. Certifique-se de seguir as práticas recomendadas de segurança em criptomoedas, como manter as suas chaves privadas num local seguro, utilizar autenticação de dois fatores e manter o seu dispositivo e sistema operativo atualizados.

Sobre o autor

Henrique Andrade Camargo

Jornalista com paixão por tecnologia e sustentabilidade. Medalhista de ouro no Prêmio Malofiej. Trabalhou na Avast, Grupo Abril e Mercado Ético.