O objetivo de todo investidor, seja ele iniciante ou especialista no assunto, é fazer com que seu capital trabalhe para si. Uma das formas de se alcançar esta meta é pelo staking de criptomoedas, modalidade de investimento financeiro que atrai a atenção de centenas de milhões de traders no mundo todo. Para se ter uma ideia, de acordo com um inquérito recente realizado pela plataforma de investimento Xtb, 29% dos investidores portugueses aplicam dinheiro em criptomoedas. No Brasil, o relatório “Decodificando as Criptomoedas – Onda 7”, levado a cabo pela plataforma Toluna, mostra uma proporção semelhante, com a marca de 28%.

Quer se juntar a esse público e lucrar com o staking de criptomoedas? Então está no lugar certo. Neste guia, descobrirá tudo o que deves saber sobre o assunto: o que é, vantagens e desvantagens, como ganhar dinheiro com staking, onde fazer staking, a melhor cripto para staking e, acima de tudo, as melhores plataformas do mercado.

As 5 melhores plataformas de staking online

A seleção das melhores plataformas de staking pode ser algo subjetivo. Afinal o que é ótimo para atender as necessidades de um investidor pode não ser do gosto de outro. Por outro lado, é inegável que algumas exchanges se destacam pela sua segurança e experiência, além da oferta de recursos e benefícios abrangentes. Assim, estabelecemos nosso ranking com base nas diretrizes EEAT – experiência, especialidade, autoridade e confiança (do inglês: Experience, Expertise, Authoritativeness and Trust), uma prática semelhante ao sistema de classificação de resultados usado pelos algoritmos do Google.

Obviamente há outras opções no mercado que também mereceriam destaque, mas o objetivo é facilitar a vida do investidor iniciante. Por isso encurtamos a lista e chegamos ao resultado abaixo.

1 – Binance

Binance

  • Maior corretora de criptomoedas
  • Alta liquidez
  • Aplicação móvel fácil de utilizar

Binance

Visitar

Esta é a maior exchange do mercado em termos de volume, com dezenas de milhares de milhões de dólares a passar por ela diariamente. A Binance oferece diversas formas de stakar cripto. Poucos meses atrás, lançou sua primeira “Oferta de Staking de Alto Rendimento”, que deu aos utilizadores a chance de ganhar até 37,49% de APY (saiba em na seção “Perguntas frequentes”) com stake de ADA, DOT, TRX, EOS e CAKE.

Além disso, a Binance oferece diferentes modalidades de staking. Entre as mais utilizadas, estão.

DeFi

Esta modalidade oferece altos APYs. O problema é que o staking em DeFi pode ser um investimento de risco. Para minimizar os potenciais problemas, a plataforma verifica seus parceiros periodicamente.

Atividades

Este recurso permite ganhar recompensas por staking de criptomoeda durante um período determinado. Por exemplo, há oportunidades de stake de 15 dias com uma taxa de juros anualizada. Verifique a seção de atividades na Binance, pois essas ofertas variam todos os meses.

ETH 2.0

Pode fazer staking de Ethereum por um longo prazo e ganhar recompensas com o recurso de stake ETH 2.0 na Binance.

Savings Bloqueados

Pode bloquear seus fundos na Binance por uma taxa de juros variável. Esse valor é baseado no número de dias que seus fundos permanecem bloqueados na corretora. Por exemplo, o bloqueio de BUSD, stablecoin da própria Binance, de USDC ou de USDT por sete dias rende um AIR de 4,5%, e o de 90 dias, 5,1%.

  • Maior exchange do mercado em termos de volume negociado
  • Grande seleção de criptomoedas
  • Sem cobrança de taxas para staking
  • Distribuição de recompensas diárias
  • Fácil de usar
  • Suporte ao cliente 24 horas
  • Longo período de bloqueio de valores ao fazer staking
  • Problemas regulatórios em alguns países

2 – Kraken

Kraken

  • Bom suporte ao cliente
  • Plataforma segura
  • Taxas baixas no Kraken Pro

A Kraken tem 10 milhões de clientes em todo o mundo e uma capitalização de 10,8 bilhões de dólares, sendo uma das maiores exchanges do mundo em termos de volume de negociações. Trata-se de uma plataforma versátil, que disponibiliza mais de 200 criptomoedas para negociação.

Suas nova funcionalidade “Kraken Rewards” permite que seus utilizadores ganhem recompensas em todos os criptoativos elegíveis. Os retornos podem chegar a 10% ao ano, com a possibilidade de acumulação diária e pagamentos semanais. Ao todo, são 16 criptoativos disponíveis nesta modalidade de investimento, como o ETH, o DOT, o SOL e o ADA.

  • Boa seleção de criptomoedas para staking
  • Recompensas de até 23%/ano em algumas criptomoedas
  • Fácil de usar
  • Taxas competitivas e recompensas atrativas
  • Bom suporte ao cliente
  • Taxas mais elevadas para utilizadores que não aderirem ao Kraken Pro
  • Sem cobertura de seguro

3 – Coinbase

Coinbase

  • Segurança reforçada
  • Recompensas automáticas
  • Retirada flexível

Coinbase

Visitar

Em termos de volume de negociação diário, a Coinbase é a segunda plataforma de criptomoedas mais utilizada no mundo. Com 12 anos de existência e milhões de utilizadores em todos os cantos do planeta, a exchange oferece um alto nível de segurança, sendo considerada uma das melhores do mercado.

A Coinbase visa facilitar o staking aos utilizadores iniciantes. Para isso, disponibiliza um processo relativamente simples para começar a ganhar recompensas, que são pagas automaticamente na mesma moeda bloqueada, sem necessidade de conversões.

  • Boas políticas de transparência
  • Distribuição automática de recompensas
  • Boas medidas de segurança
  • Cartão de débito gratuito
  • Somente parte da interface foi traduzida para o português
  • Taxas mais altas do que a média praticada da concorrência
  • Baixa oferta de criptomoedas para staking

4 – KuCoin

KuCoin

  • Ampla variedade de criptomoedas
  • Opções avançadas de trading
  • Tarifas competitivas

Motivos não faltam para a KuCoin entrar em nossa lista, já que se trata de uma das maiores exchanges em termos de desempenho global e com a base de utilizadores mais globalizada, segundo a TokenInsight. Além disso, a ICO Rating considera a KuCoin como uma das dez plataformas de nível A no que se refere a segurança, e a Ascent nomeou a KuCoin como uma das melhores exchanges e aplicações de criptomoedas de 2022.

Em termos práticos, a plataforma oferece dezenas de serviços financeiros. Nela, o utilizador encontra: negociação à vista (spot) e de margem, contratos futuros, empréstimo e staking.

A seção KuCoin Earn é o centro de staking da exchange. A corretora oferece diversos produtos neste segmento, como: stake com prazo fixo e flexível com retornos variáveis, ofertas de stake promocionais, assim como serviços de stake no ETH e DOT.

  • Taxas relativamente baixas
  • Boa seleção de moedas para staking
  • Suporte ao cliente 24 horas
  • Somente parte da interface foi traduzida para o português
  • A plataforma já foi alvo de ataque cibernético (aparentemente isso já foi resolvido)

5 – eToro

A eToro é uma das principais plataformas de corretagem do mercado, com mais de 30 milhões de usuários em todo o mundo. Entre os diversos serviços disponíveis a seus utilizadores, o staking permite o ganho de recompensas apenas por manterem seus criptoativo em suas respetivas contas.

Para serem elegíveis a receber tais recompensas, os utilizadores devem manter uma posição em aberto do criptoativo em questão na plataforma de negociação da eToro. As recompensas são pagas mensalmente no criptoativo suportado, sem que necessitem de realizar qualquer ação.

Atualmente a eToro apoia o staking de ADA e TRX, mas há planos para apoiar mais criptoativos no futuro.

  • Grande experiência no mercado de criptomoedas
  • Interface limpa e amigável a todos os níveis de utilizadores
  • Recompensas de apostas compostas
  • Suporte 24 horas (segunda a sexta)
  • Estrutura de custos clara e transparente
  • Possui boas medidas e regulamento de segurança
  • Fácil de usar
  • Baixa oferta de criptomoedas para staking
  • Spreads relativamente altos
  • Taxação de rendimentos
  • Suporte ao cliente não disponível aos finais de semana

O que é o staking de criptomoedas?

Ao serem os criadores do primeiro modelo de prova de participação (PoS), os criadores do Peercoin pretendiam resolver os riscos que os investidores viam no bitcoin. Autonomia de longo prazo e eficiência eram os objetivos que Sunny King e Scott Nadal tinham em mente com o seu PPCoin. Sendo o melhor em staking de criptomoedas, o ano de 2012 proporcionou a esses parceiros uma alternativa comprovada à prova de trabalho (PoW).

Os resultados foram menos riscos e menos energia usada pela rede que suporta o blockchain. 

Kraken

  • Bom suporte ao cliente
  • Plataforma segura
  • Taxas baixas no Kraken Pro

O staking de criptomoedas explicado

Agora pode estar a perguntar-se por que essa mudança faz sentido num mundo de criptomoedas. Tudo tem a ver com o Bitcoin, que, embora ainda em funcionamento, tem alguns riscos que poderiam alterar a sua participação de mercado. Tanto a autonomia quanto os recursos que sustentam o bitcoin estão sob uma ameaça única. É necessário apenas 51% de controlo de todos os seus nós para poder fraudar a infame blockchain do Bitcoin.

Além disso, a quantidade de energia que consome por ano é equivalente à Argentina. A capacidade de escalar os seus recursos e autonomia é limitada, por isso, uma nova forma de consenso teve de ser criada.

O protocolo que agora confirma transações, quantidades de moeda e contas de utilizadores é um algoritmo de consenso. O Bitcoin encontra consenso através dos mineiros, e é aí que os investidores veem riscos.

Abaixo, verá como fazer staking e a sua utilização como uma forma de criar consenso entre investidores. Continue a ler e descubra qual é o consenso e por que o staking de criptomoedas está no seu cerne. Para descobrir quais são as melhores moedas para staking, leia este guia detalhado da equipa Tokize.

O que é staking de criptomoedas?

Staking criptomoedas logo

O staking de criptomoedas ocorre quando os investidores mantêm os seus fundos num blockchain com o objetivo de validar as transações que ocorrem em sua plataforma. Isso envolve o bloqueio de criptomoedas num contrato inteligente para participar na manutenção de um blockchain. Assim como a mineração, permite aos utilizadores receber recompensas ao participar ativamente na segurança da rede descentralizada.

Os investidores fazem isso porque as plataformas que oferecem staking também pagam juros. Agora que já sabes o que é o staking de criptomoedas, aprenda como funciona o processo.

Como funciona o staking?

Para entender melhor o que é fazer staking de criptomoedas, é necessário ter um sólido entendimento de blockchain.

A fisiologia do staking é mais bem compreendida quando estudamos o que o primeiro protocolo de consenso fez. A validação do blockchain é o processo de confirmar a mudança, envio ou recebimento de informações. Como exemplo, 30 bitcoins transferidos de Mafalda para Pedro, e a alteração de dados deve ser validada antes de ser registrada de maneira criptografada.

O protocolo Proof-of-Work (PoW) foi o primeiro a fazer isso, e a sua revolução significa que o staking de criptomoedas também é seguro.

No entanto, há muitos desafios no POW. Embora esses tenham mais a ver com eficiência ou utilidade, alguns desafios do PoW revelam como a autonomia de um blockchain fica exposta a fraudes. Os problemas principais do protocolo são a natureza competitiva e a ineficiência dos seus mineradores que trabalham dessa forma. 

Por sua vez, os mineradores no PoW dedicam energia a uma corrida para validar cadeias de blocos. Não apenas o poder de computação deles está focado na mesma tarefa, mas apenas um deles é capaz de decodificar funcionalmente o hash do bloco. Agora, se todos esses nós, que são os computadores competindo pelo hash, forem de propriedade de uma única entidade, teoricamente, essa entidade pode fraudar o bitcoin.

Essa potencialidade não é o risco do PoW, mas sim o risco de depender do PoW. Para compreender o significado do staking crypto, é preciso examinar o PoW em comparação ao Proof-of-Stake (PoS). Definir o que significa staking crypto nos obriga a abordar diferenças em “delegated proof of stake” (DPoS). Para entender o que significa staking em cripto, precisamos entender não só o PoS, mas também as suas variantes.

Em vez de mineradores, os sistemas PoS usam validadores que são escolhidos para cada bloco de transações, o que significa que eles não precisam competir. O DPoS funciona da mesma maneira que o staking, mas sem um validador escolhido aleatoriamente. No que chamamos de staking, o validador é escolhido aleatoriamente, o que alguns argumentam não ser o melhor método para realizar esse trabalho.

No DPoS, por outro lado, os validadores são designados por atores humanos.

Staking de criptomoedas: vale a pena?

Staking criptos imagem

Para a maioria das criptomoedas, a taxa de juros, também chamada de recompensa, varia de acordo com vários fatores:

  • O número de participantes no blockchain em questão: quanto maior o número, menor a recompensa, uma vez que é partilhada entre todos.
  • Campanhas de marketing: alguns novos projetos oferecem campanhas de marketing com duração limitada para atrair novos utilizadores. As taxas de juros, que são inicialmente atrativas, tendem a diminuir drasticamente com o tempo.
  • O período de bloqueio dos ativos: geralmente, quanto mais longo o período, maior a taxa de juros anual, também conhecida como APY.
  • O volume de ativos em stake: quanto maior o volume, maior serão os ganhos.

Com retornos que podem chegar a dois dígitos, o staking revela-se particularmente lucrativo. De facto, os ganhos obtidos são muito mais interessantes do que os juros oferecidos pelos bancos tradicionais. Além disso, os utilizadores têm a possibilidade de multiplicar os seus ganhos através da utilização de uma estratégia de juros compostos (os juros são automaticamente reinvestidos no capital para produzir ganhos mais elevados) ou bloqueando os seus tokens por um longo período.

As recompensas do staking geralmente variam entre 4% e 20%, em média, dependendo da criptomoeda stakada.

Atenção: Algumas criptomoedas recentes no mercado oferecem recompensas de 100%. Certifique-se de verificar a estabilidade do projeto antes de investir o seu dinheiro.

As diferenças entre staking e farming

Tanto o staking como o farming de criptomoedas são modalidades de investimento com potencial de gerar renda passiva ao empenhar ativos digitais. Mesmo que algumas pessoas digam que são mesma coisa, a verdade é que alguns pontos distinguem um do outro.

De forma geral, o staking contribui para a segurança de um blockchain, com a validação de transações e bloqueio de criptomoedas por um determinado período. Em troca, o investidor recebe recompensas na criptomoeda empenhada.

Já o farming fornece liquidez para protocolos DeFi. De forma resumida, o investidor deposita suas criptomoedas em pools de liquidez para facilitar a negociação de outros usuários. Por esse depósito, recebe recompensas em tokens pelo serviço. Mesmo que esta modalidade seja mais flexível que o staking, pois permite a retirada de fundos a qualquer momento, seus riscos são maiores. É preciso considera a volatilidade dos tokens e nunca descartar a possibilidade de falhas de segurança nos protocolos DeFi.

É possível stakar qualquer criptomoeda?

O staking de criptomoedas é uma forma de investimento compatível apenas com plataformas que usam o mecanismo de consenso PoS. Portanto, tecnicamente, não é possível stakar tokens baseados no protocolo PoW, como o Bitcoin (saiba mais na seção “Staking de Bitcoin em várias plataformas”).

Entre os criptoativo mais populares que usam o protocolo PoS, encontramos:

  • Ethereum (ETH)
  • Tezos (XTZ)
  • Cosmos (ATOM)
  • Cardano (ADA)
  • Solana (SOL)
  • Chainlink (LINK)
  • Polkadex (PDEX)
  • Helium (HNT)
  • Filecoin (FIL)

Quais os riscos do staking de criptomoedas?

O staking de criptomoedas, embora geralmente muito lucrativo, envolve alguns riscos.

O primeiro está relacionado à volatilidade das criptomoedas, que podem perder valor rapidamente. Os ativos stakados estão sujeitos às flutuações de preços, tal como as criptomoedas disponíveis para negociação. Portanto, é possível que o valor de uma criptomoeda diminua drasticamente e que as perdas sejam superiores aos juros acumulados.

Outro risco, mais secundário, está relacionado com a possibilidade de os lucros serem menores do que o esperado. Deve-se ter cuidado com as promessas feitas pelas plataformas de staking. Além disso, a escolha das plataformas deve ser feita com muita atenção, uma vez que o risco de hacking é real e os utilizadores podem perder os seus fundos em caso de ataque. Felizmente, muitas plataformas de staking estão seguradas contra esse tipo de incidente e garantem o reembolso total dos fundos.

A duração do processo de desbloqueio (unstaking – veja mais na seção “Como fazer unstaking”) também deve ser considerada antes de iniciar o staking. Isso se refere ao período durante o qual é possível desbloquear as criptomoedas bloqueadas. A maioria das plataformas prevê um período de desbloqueio de alguns dias, mas outras exigem várias semanas, o que pode impedir os utilizadores de aproveitar certas oportunidades. Portanto, a escolha da plataforma de staking mais uma vez será crucial para o sucesso da operação.

Sobre APY e as melhores criptomoedas para staking

Staking Criptos Logo

O APY (Annual Percentage Yield) corresponde à rendimento anual em percentagem. É o elemento a considerar para calcular o rendimento do staking de uma criptomoeda tendo em conta os juros compostos. Estes juros são calculados periodicamente, geralmente durante uma semana completa de bloqueio, e adicionados automaticamente ao capital bloqueado. Os juros compostos permitem aumentar o capital e os rendimentos.

O APY é geralmente definido com base na duração do bloqueio e na volatilidade de uma criptomoeda. Geralmente, quanto maior o APY, maior é também o risco.

O APY varia muito de acordo com as plataformas. Para o Bitcoin, em 2022, varia de 1% na plataforma Swissborg a 7% na Nexo. Algumas plataformas oferecem APYs superiores a 20%, geralmente em prazos curtos de staking. Continue a ler para aprender quais são as melhores criptos para fazer em 2024.

Staking de Bitcoin (BTC) em várias plataformas

Como dissemos anteriormente, só é possível fazer staking de criptomoedas que utilizam o protocolo PoS. Como o Bitcoin (leia a nossa avaliação sobre esta criptomoeda) é baseado no princípio de PoW, a criptomoeda não é compatível com esta modalidade de investimento. 

No entanto, muitas plataformas onde podes fazer staking com criptomoedas, nomeadamente, a Binance, ainda oferecem aos utilizadores a possibilidade de gerar juros com os seus Bitcoins. A poupança de Bitcoin está disponível na maioria das plataformas. As condições variam de uma para outra. Para aprender mais sobre a plataforma Binance, leia o nosso guia informativo.

BTCYouHolderZengoNexoSwissborgBinanceEarn
APY3%3%4 to 7%1%1.50%
Depósito mínimo em USD100100111
Taxas de levantamento00000
Duração do bloqueio30 a 120 dias15 a 120 dias30 a 120 dias30 a 120 dias30 a 120 dias
PagamentosDiáriosDiáriosDiáriosDiáriosDiários

Binance

  • Maior corretora de criptomoedas
  • Alta liquidez
  • Aplicação móvel fácil de utilizar

Binance

Visitar

Staking de Ethereum (ETH)

O staking do Ethereum (leia a nossa avaliação sobre esta criptomoeda) está disponível em várias plataformas, incluindo a famosa Coinbase. As condições variam de uma para outra.

ETHYouHolderZengoNexoSwissborgBinanceEarn
APY4%4%5 to 8%2 to 4.5%1.20%
Depósito mínimo em USD100100111
Taxas de levantamento00000
Duração do bloqueio30 a 120 dias15 a 120 dias30 a 120 dias30 a 120 dias30 a 120 dias
PagamentosDiáriosDiáriosDiáriosDiáriosDiários

Coinbase

  • Intercâmbio regulado
  • Plataforma fácil de usar
  • Formação gratuita em criptomoedas

Coinbase

Visitar

Staking de Solana (SOL)

O staking de Solana também está disponível em várias plataformas. As condições variam de uma para outra. A plataforma eToro oferece taxas competitivas e ganha cada vez mais popularidade no mercado global.

SOLYouHolderZengoNexoSwissborgBinanceEarn
APY8%Não disponível5 to 8%5.5%Não disponível
Depósito mínimo em USD100X11X
Taxas de levantamento0X00X
Duração do bloqueio30 a 120 diasX30 a 120 dias30 a 120 diasX
PagamentosDiáriosXDiáriosDiáriosX

eToro

  • Plataforma número 1 de copy trading
  • Rede social integrada de traders
  • Negociação de CFDs de criptomoedas

Staking de Cardano (ADA)

O staking de Cardano (leia a nossa avaliação sobre esta criptomoeda) está disponível em várias plataformas. As condições variam de uma para outra.

ADAYouHolderZengoNexoSwissborgBinanceEarn
APY5.5%Não disponível5 to 8%2 to 4%10.90%
Depósito mínimo em USD100X111
Taxas de levantamento0X000
Duração do bloqueio30 a 120 diasX30 a 120 dias30 a 120 dias120 dias
PagamentosDiáriosXDiáriosDiáriosDiários

Como colocar criptomoedas em staking?

Staking de Criptomoedas Logo

Agora que sabes quais são as melhores criptomoedas para fazer staking, vamos perceber como fazê-lo eficazmente. O staking é uma excelente solução para gerar rendimentos a partir das tuas criptomoedas com pouco esforço. Aqui estão os passos para fazer staking numa plataforma dedicada:

  1. Escolha a criptomoeda para stakar. Para isso, considere não apenas a tua carteira de criptomoedas, mas também a APY oferecida pela plataforma e selecione uma criptomoeda que se baseie no protocolo PoS.
  2. Escolha a plataforma de staking. Use uma plataforma como YouHolder, Binance Earn ou Nexo, que permitem delegar o staking das tuas criptomoedas de forma simples e segura. Certifica-te de verificar as APY e as condições de cada plataforma! Ou…
  3. Staque as criptomoedas a partir da sua carteira nativa. Esta opção, embora um pouco mais complexa e demorada, geralmente permite obter mais juros.
  4. Bloqueie as tuas moedas e desfrute dos juros compostos. As plataformas geralmente impõem um período de bloqueio para as criptomoedas stakadas. A duração varia, em média, de 7 a 120 dias.

Guia resumido de staking na Binance

1. Faça o login e escolha sua opção:

  • Staking Bloqueado: Ganhe APYs fixos por um período bloqueado.
  • Staking Flexível: Ganhe recompensas diárias com flexibilidade para resgate.
  • Outras Opções: Savings, Launchpool, BNB Vault.

2. Selecione sua moeda:

  • Escolha a criptomoeda que deseja stakar na Binance.

3. Staque suas criptomoedas:

  • Aceda a opção de staking escolhida e selecione a moeda e o valor.
  • Confirme a transação e suas criptomoedas serão stakadas.

4. Monitore seu staking:

  • Acompanhe seu staking, recompensas e período de lock-in (se aplicável) na Binance.

O que é unstaking?

Se o processo de stakar criptomoedas implica no bloqueio dos tokens por um determinado período para a geração de recompensas, o unstaking é a reversão desse bloqueio. Isso significa que o unstaking permite a recuperação do controlo total de suas criptomoedas. Assim, pode negociá-las livremente quando forem liberadas.

O problema é que isso não é feito automaticamente. Esse período de espera pode levar algumas horas ou até mesmo semanas, a depender da plataforma e das criptomoeda em questão.

Além disso, é preciso ficar atento às recompensas pendentes. Certifique-se de coletá-las antes de iniciar o processo de unstaking, ou corre o risco de perdê-las definitivamente.

Conclusão

O staking de criptomoedas oferece muitas vantagens aos utilizadores de criptomoedas. É a maneira mais eficaz de obter rendimentos interessantes dos seus ativos, sem muito esforço.

Embora possa ser arriscado em caso de desvalorização da criptomoeda, hacking ou períodos de desbloqueio prolongados, ainda é uma das formas mais simples de enriquecer a sua carteira.

No entanto, para que o staking seja lucrativo, é importante escolher a plataforma certa. Caso ainda estejas à procura de plataformas confiáveis leia mais sobre a:

Perguntas Frequentes

Quando stakas as tuas criptomoedas, estás essencialmente a contribuir para a segurança e operação da rede blockchain. As tuas criptomoedas stakadas são usadas para validar transações e criar novos blocos. Em troca, recebes recompensas de staking, geralmente na mesma criptomoeda.
Podes stakar várias criptomoedas, mas é mais comum com aquelas que usam os mecanismos PoS ou DPoS. Algumas criptomoedas populares para staking incluem Ethereum (ETH), Cardano (ADA) e Solana (SOL).
O Rendimento Percentual Anual, ou Annual Percentage Yield (APY), é a taxa usada para calcular o retorno anual dos teus ativos stakados, tendo em conta os juros compostos.
Devido ao efeito dos juros compostos, quanto mais alto o APY, maior o potencial de ganhos com o staking, pois ganhas rendimentos também sobre os tokens de recompensa já recebidos. Mas atenção, APYs altos também representam riscos elevados, enquanto os que pagam menos juros oferecem riscos menores.
Para começar a stakar, deves escolher uma criptomoeda que suporte o staking, ter uma carteira compatível e selecionar um serviço ou plataforma de staking. Vais bloquear os teus tokens na plataforma escolhida e, ao longo do tempo, vais receber recompensas de staking.
Staking wallet é uma carteira de criptomoedas que permite o armazenamento de criptomoedas Proof of Stake (PoS) e a participação do processo de staking para ganhar recompensas. Existem hot wallets e cold wallets para staking, cada uma com vantagens e desvantagens em relação à segurança e conveniência.
O liquid staking é uma inovação que visa democratizar o staking de criptomoedas, especialmente no modelo PoS. Ele permite a participação no staking e recebimento de recompensas, sem perder a liquidez dos seus ativos. Assim, ao invés de bloquear suas criptomoedas por um período, recebe tokens de staking líquidos (LSTs) que podem ser negociados em exchanges. Isso oferece mais flexibilidade e facilita a gestão do seu portfólio de criptomoedas.
As mais-valias provenientes de staking são tributáveis em Portugal como rendimentos de categoria B no IRS. Declare o valor total das recompensas recebidas no ano fiscal anterior, convertendo-as para euros usando a taxa de câmbio do dia ou a média ponderada ao longo do ano. Mantenha registos detalhados e, caso seja necessário, consulte um contabilista ou especialista em criptomoedas para obter aconselhamento fiscal.