Já faz ao menos dois anos que os NFTs estão em destaque no mundo digital, conquistando corações e bolsos de investidores, celebridades e amantes da arte em geral. Se deseja saber como entrar no mundo dos colecionáveis digitais, este artigo ensina como funciona todo o processo de compra de um NFT, tudo de forma simples e direta. Também vamos analisar um caso prático para que não reste dúvida alguma sobre essa questão.

Antes de começar… O que é um NFT?

Everydays: the First 5000 Days, arte digital criada pelo artista Mike Winkelmann

A sigla NFT se refere aos tokens não fungíveis, ou seja, trata-se de bens digitais únicos, autênticos e não replicáveis. Geralmente é apresentado como uma obra de arte digital. Pode ser uma foto, ilustração, pintura, vídeo, GIF, entre outras coisas.

A propriedade de um NFT é registrada de forma indelével em uma blockchain, um registo público de transações digitais. A moeda utilizada para as transações é necessariamente uma criptomoeda. Tradicionalmente, ela costumava ser o Ethereum (ETH), mas hoje, é possível efetuar compras com outros criptoativos, como Solana ou Avalanche, a depender da tecnologia do produto.

OpenSea

  • Enorme mercado de NFT
  • Interoperabilidade e Integração
  • Interface amigável ao usuário

Etapas de compra

Agora, vamos ao cerne da questão! Descubra abaixo as 5 etapas para a compra de um NFT.

Passo 1 – Escolha uma plataforma e um NFT

Página inicial da plataforma OpenSea

Rarible

  • Mercado Descentralizado
  • Plataforma amigável para criadores
  • Governança e envolvimento da comunidade

Onde comprar um NFT? Antes de mais nada, é necessário escolher a plataforma de venda deseja utilizar na compra da sua arte em NFT. Isso é importante porque a plataforma escolhida influenciará os passos seguintes, incluindo a criação da carteira e a criptomoeda a ser utilizada na negociação.

A importância da plataforma NFT

Como mencionado anteriormente, os NFTs são armazenados numa blockchain. A rede Ethereum é, de longe, a mais usada para isso. Ela foi a primeira a apostar nas aplicações descentralizadas (Dapps). Por essa razão, a maioria das plataformas de compra e venda de NFTs foi desenvolvida na blockchain Ethereum. No entanto, hoje as coisas começam a mudar um pouco.

Outras blockchains entraram na competição e procuram conquistar uma parte do mercado da gigante Ethereum. Por exemplo, agora é possível criar NFTs nas blockchains Solana, Avalanche, Flow ou Elrond. O resultado desse movimento é que novas plataformas de negociação de tokens não fungíveis emergiram, como a Solanart, que é dedicada à venda de NFTs Solana.

A escolha da plataforma NFT define a blockchain utilizada para a compra e venda de tokens. Mas como isso afeta a vida de quem pretende comprar NFTs? Bem, a consequência é direta, pois envolve o seu dinheiro! Se por um lado é obvio que se deve pagar pela compra de um ativo digital, talvez não seja tão claro assim que o pagamento deva ser feito em criptomoeda, e que esta está diretamente ligada à blockchain utilizada. Por exemplo, se o NFT estiver armazenado na blockchain Ethereum, a plataforma solicitará um pagamento em ETH, mas se for um NFT Solana, o pagamento deve ser feito em SOL e assim por diante.

Binance

  • Baixas taxas
  • Mais de 600 criptomoedas
  • Maior troca de criptomoedas

Qual plataforma NFT escolher?

As opções de plataformas de venda de NFTs continuam a aumentar. Algumas são generalistas, enquanto outras se concentram em tipos específicos de NFTs. Por exemplo, o leitor poderia escolher um desses sites para comprar NFT:

  1. OpenSea: Esta é uma das maiores e mais populares plataformas de NFTs do mercado. Ela oferece uma ampla variedade de ativos digitais, desde arte digital até colecionáveis e objetos de jogo.
  2. Rarible: A plataforma é conhecida por permitir que os criadores criem e vendam os seus próprios tokens não fungíveis.
  3. CryptoPunks: Uma das primeiras e mais icónicas coleções de NFTs baseada em Ethereum, consistindo em personagens pixelados únicos.
  4. SuperRare: Focada no mercado de arte digital, esta plataforma se destaca por apresentar obras de artistas renomados e renascentistas no mundo das NFTs.
  5. Decentraland: Esta plataforma de NFT é uma economia virtual onde os utilizadores podem comprar, vender e construir em terras virtuais. Ela também oferece oportunidades únicas de interação num mundo virtual 3D.

Estas plataformas têm desempenhado um papel fundamental no crescimento do mercado de NFTs e oferecem uma variedade de ativos digitais para compra e venda. Lembre-se de que o cenário de NFTs é dinâmico, e outras plataformas também podem ser relevantes, dependendo do seu foco e recursos específicos.

Etapa 2 – Crie uma carteira de criptomoedas compatível

A escolha da plataforma NFT também influencia a carteira de criptomoedas a ser utilizada.

Mas o que é uma carteira de criptomoedas?

Também chamada de carteira de criptoativos ou walltes, este é o lugar onde se armazena criptomoedas. É como se fosse uma conta em um banco tradicional. Assim como a sua conta bancária guarda os seus euros, a sua carteira de criptomoedas pode guardar seus ETH, SOL ou qualquer outra criptomoeda necessária na compra do NFT.

Existem dois tipos principais de carteiras de criptomoedas: as hot wallets e as cold wallets.

Hot wallets são carteiras que estão conectadas à Internet. Elas são mais convenientes de usar, pois permitem que os utilizadores acessem seus fundos com rapidez e facilidade. No entanto, elas também são mais vulneráveis a ataques cibernéticos.

eToro

  • Plataforma número 1 de copy trading
  • Rede social integrada de traders
  • Negociação de CFDs de criptomoedas

Já as cold wallets são carteiras não conectadas à Internet. Elas são mais seguras do que as hot wallets, pois são menos propensas a serem hackeadas. No entanto, elas também são menos convenientes de usar, pois os usuários precisam conectá-las a um computador para acessar seus fundos.

Além dessas duas, existem também as carteiras híbridas, que combinam as características das hot e das cold wallets. Essas carteiras são armazenadas localmente, mas podem ser acessadas pela internet.

Carteira de criptomoedas

Voltando ao assunto, é possível escolher livremente a carteira a utilizar na compra de um NFT? Sim e não. É óbvio que deve selecionar uma carteira de criptomoedas confiável e segura. Além da segurança, deve escolher uma carteira compatível com a plataforma de venda de NFT selecionada anteriormente.

De facto, para proceder à compra de um NFT, é necessário ligar sua carteira de criptomoedas à plataforma de venda. No entanto, nem todas as plataformas aceitam todas as carteiras de criptomoedas. Então o utilizador deve checar isso antes de proceder com a compra.

Naturalmente, a carteira escolhida também deve ser compatível com a criptomoeda solicitada para o pagamento do NFT. Assim, a menos que encontre um token hospedado numa blockchain exótica (o que não é recomendável, especialmente para aqueles que farão sua primeira compra), este ponto não deve ser um problema. Na verdade, a maioria das carteiras respeitáveis permite armazenar criptomoedas como ETH, SOL ou EGLD.

Etapa 3 – Conecte a carteira à plataforma de venda

Agora é o momento de ligar a sua carteira à sua conta na plataforma de venda. Isso é semelhante a registrar o IBAN da sua conta bancária na sua área de cliente de um site de compras.

Após esta operação, pode consultar o saldo da carteira diretamente a partir da plataforma de venda.

Etapa 4 – Deposite criptomoedas

Assim que sua carteira estiver ligada à plataforma, é preciso depositar os fundos necessários para a compra. Como explicamos anteriormente, a escolha da criptomoeda depende da blockchain utilizada na plataforma.

Por exemplo, se pretende comprar um NFT Ethereum na OpenSea, deve carregar a sua carteira com ETH.

Coinbase

  • Intercâmbio regulado
  • Plataforma fácil de usar
  • Formação gratuita em criptomoedas

Etapa 5 – Compre o NFT

Finalmente, pode avançar para a última etapa: a compra do NFT. Dependendo da situação, pode escolher entre diferentes tipos de compra (veja mais no exemplo prático abaixo).

Exemplo prático: Como comprar NFT na OpenSea usando a MetaMask

É hora de colocar seus conhecimentos em prática! Vamos tomar um exemplo e seguir o passo a passo das etapas de compra de um NFT conforme descrito acima. O exemplo funciona independentemente do local onde estiver. Você pode comprar seu NFT no Brasil ou em Portugal, na Europa ou na América, seguindo as mesmas etapas.

Página de compra de NFT na plataforma OpenSea

Etapa 1 – Escolha de uma plataforma: a OpenSea

Para este exemplo, imagine que vamos utilizar a OpenSea, a maior plataforma do mercado. Ela está disponível em navegadores web e em aplicação móvel para a compra de NFTs. Tanto o site quanto a app funcionam da mesma forma.

Primeiramente acesse a plataforma e pesquise por um NFT clicando na opção desejada no menu suspenso.

Agora vamos criar uma conta na OpenSea. Na realidade, esta etapa seria feita mais adiante, uma vez que é necessário ter uma carteira de criptomoedas antes de criar uma conta na plataforma. Mas tome nota.

Imagine que se interessou por uma ilustração digital da coleção Bored Monkey Yacht Club (ilustração abaixo), aquele NFT que o futebolista Neymar Júnior comprou por míseros US$ 1 milhão. Aliás, se realmente quiser saber onde comprar o NFT do macaco entediado, saiba que ele está disponível na OpenSea e também em outros sites de compra e venda de NFTs.

Reprodução de imagem da coleção Bored Ape Yacht Club

Não é bem isso o que procura? Talvez queira comprar um NFT mais barato ou o que te interessa é um NFT do jogo Mir4. Sem problema, há opções para todos os gostos e bolsos. O que interessa aqui é que a nossa obra fictícia é baseada na blockchain Ethereum.

Etapa 2 – Crie uma carteira de criptomoedas MetaMask

A plataforma OpenSea é compatível com diversas carteiras, como: MetaMask, WalletConnect e Coinbase Wallet.

Para este exemplo, escolhemos a carteira de NFT mais usada no mercado: a MetaMask. Trata-se de uma hot wallet que se apresenta na forma de um plugin de navegador ou aplicação móvel. A ferramenta permite o armazenamento da criptomoeda que vamos usar na compra do nosso NFT, ou seja, o Ethereum (ETH).

Aplicação móvel da MetaMask

Aqui, a forma mais fácil de baixar a MetaMask é ir diretamente à OpenSea. Na página inicial, clique no canto superior direito no ícone de perfil.

O site irá indicar automaticamente que é necessário ligar uma carteira para utilizar seus serviços. O utilizador então visualiza a opção de instalar diferentes carteiras. Agora é só clicar no ícone da MetaMask para ir até a página da ferramenta e iniciar o download de acordo com o seu navegador ou plataforma móvel.

Após descarregar o arquivo, instale a extensão (no navegador) ou a aplicação (no celular), inicie a MetaMask e crie uma nova carteira seguindo as instruções no ecrã.

Etapa 3: Conecte sua MetaMask à OpenSea

Volte à plataforma OpenSea e clique novamente no ícone de perfil no canto superior direito. Agora que abriu uma carteira MetaMask, esta será reconhecida pela plataforma.

Janela de conexão de carteira da plataforma OpenSea

Em seguida, é possível alterar as configurações da sua conta OpenSea. Ao clicar no ícone de engrenagem (“Settings”, ou configuração), pode, por exemplo, modificar o seu nome de utilizador ou o seu endereço de e-mail.

Etapa 4: Carregue sua conta MetaMask com ETH

Agora é preciso adicionar fundos à sua carteira MetaMask. Para comprar o NFT Ethereum escolhido, é preciso ter ETH.

Tela de compra de criptomoeda da OpenSea

Para isso, aceda à sua carteira MetaMask e certifique-se de estar conectado. Compre ETH numa exchange, como a Coinbase ou Binance. Em seguida, configure a sua conta na exchange, compre a criptomoeda desejada e escolha a opção de levantamento ou envio. Cole o endereço da sua carteira MetaMask como o destino da transação na exchange.

Para concluir, confirme a transação na exchange, seguindo os passos necessários e aguarde até que a transação seja confirmada na blockchain, o que pode levar alguns minutos.

Também pode transferir fundos a partir de outra carteira que tenha a quantia de criptomoedas para a transação.

Etapa 5: Compre o NFT

Agora estamos prontos para comprar o NFT desejado.

São oferecidas duas opções de compra:

  • Compra imediata: É possível comprar um NFT imediatamente pelo preço listado.
  • Oferta: O comprador deve fazer uma oferta pelo NFT por um preço inferior ao listado. Se o vendedor aceitá-la, a venda será feita pelo valor oferecido.

Além dessas duas opções, a OpenSea também oferece uma opção de leilão para alguns NFTs. Neste caso, os usuários podem fazer ofertas até que os lances terminem. O token será vendido ao utilizador que fizer a oferta mais alta.

Após efetuar a compra, é preciso aguardar um pouco até que a transação seja validada e registada permanentemente na blockchain.

Exemplo 2: Como comprar NFT na Binance

As etapas de compra no Marketplace de NFT da Binance são semelhantes às da OpenSea, com poucas diferenças. Veja um resumo da operação abaixo.

Marketplace de NFT da Binance
  1. Crie uma conta na Binance. Se ainda não tem uma conta, pode criar uma gratuitamente na página da Binance.
  2. Ative a negociação de NFTs. É preciso ativar a negociação de NFTs na sua conta Binance. Para fazer isso, vá para “Conta” > “Autenticação” > “Atividades de segurança” e selecione “Ativar negociação de NFTs”.
  3. Conecte uma carteira compatível. Agora é necessário conectar uma carteira compatível ao seu Binance NFT Marketplace. A Binance suporta diversas carteiras, incluindo Trust Wallet, MetaMask e Binance Wallet.
  4. Compre BNB. É preciso comprar BNB para pagar pelos NFTs. Pode comprar BNB na própria Binance ou em outra exchange de criptomoedas.
  5. Encontre o NFT que deseja comprar. Navegue pelo Marketplace de NFT da Binance ou pesquise por um NFT específico.
  6. Faça uma oferta ou compre pelo preço listado. É possível fazer uma oferta pelo NFT que deseja comprar ou comprar pelo preço listado na página.
  7. Pague pelo NFT. O pagamento pelo NFT é feito usando a criptomoeda BNB.
  8. Receba o seu NFT. O NFT será enviado para a sua carteira.

Vale a pena comprar NFT em 2023?

Ainda está se perguntando por que comprar NFT? Será que vale a pena?

A resposta curta é: depende.

O mercado de NFTs passou por um forte crescimento em 2021, mas sofreu uma correção significativa em 2022. Isso se deve a uma série de fatores, incluindo a inflação, a alta dos juros e a queda do preço das criptomoedas.

Em 2023, o mercado de NFTs ainda está em um período de consolidação. Alguns setores, como jogos e arte, continuam a crescer, enquanto outros, como colecionáveis, estão se recuperando.

A decisão de comprar NFTs em 2023 deve ser tomada com cautela. É importante considerar os seguintes fatores:

  • Objetivo: Está comprando NFTs para investimento, para colecionar ou para uso?
  • Risco: NFTs são um investimento de alto risco. Está disposto a perder o dinheiro investido?
  • Potencial de retorno: Quais são as chances de ganhar dinheiro com seus investimentos?

Dicas

Se decidir comprar NFTs em 2023, é importante fazer sua pesquisa e escolher projetos com potencial de crescimento. Aqui estão algumas dicas:

  • Investigue o projeto: Leia o whitepaper, verifique a equipe e a comunidade.
  • Considere o mercado: Avalie o setor e o potencial de crescimento.
  • Faça uma aposta pequena: Não invista mais do que pode perder.

Setores de NFTs como jogos, arte e provas de propriedade podem ser promissores em 2023.

Binance

  • Baixas taxas
  • Mais de 600 criptomoedas
  • Maior troca de criptomoedas

Conclusão

Em resumo, os NFTs têm verdadeiramente conquistado o mundo da arte e da tecnologia desde 2021, atraindo a atenção de investidores, celebridades e entusiastas das artes digitais. Ao longo deste artigo, exploramos os passos necessários para comprar um NFT, fornecendo um guia prático para aqueles que estão interessados nesta nova forma de aquisição digital. Inicialmente, a compra de um NFT pode parecer complexa, mas uma vez que se compreende os fundamentos e a dinâmica das plataformas disponíveis, o processo é feito sem grandes dificuldades.

Também é importante lembrar que o mercado de NFTs ainda está em desenvolvimento. Não há garantias de que os investimentos nesses ativos serão lucrativos.

Perguntas frequentes sobre compra de NFTs

O que é um NFT?

Um NFT, ou token não fungível, é uma representação digital única e indivisível de um ativo que está registado numa blockchain. Essa singularidade confere-lhe valor na representação de obras de arte, colecionáveis digitais e outros ativos exclusivos no mundo digital.

O que é uma carteira de criptmoedas?

Uma carteira de criptomoedas é um programa ou dispositivo para guardar criptomoedas com segurança. Existem as hot wallets, que ficam disponíveis online, tornando-as mais convenientes, mas menos seguras; as cold wallets, que só podem ser acessadas ao conectá-las a um PC, o que as torna mais seguras, porém menos convenientes; e as híbridas, que unem características de ambas. A escolha depende das suas preferências e necessidades pessoais.

O que posso fazer com meu NFT após a compra?

Após comprar um NFT, pode mantê-lo como uma coleção, vendê-lo, exibi-lo em galerias virtuais, usá-lo em jogos e aplicativos, licenciar seus direitos autorais, apresentá-lo em leilões ou exposições, doar ou presentear a outros. Suas opções dependem do tipo de NFT e seus objetivos.

O que acontece se o NFT que desejo comprar não estiver mais disponível? Será que ainda é possível obtê-lo?

Se o NFT desejado não estiver disponível, pode procurá-lo em mercados de revenda, aguardar leilões futuros, entrar em contato com o proprietário atual, esperar por novos lançamentos do mesmo criador ou considerar alternativas semelhantes de outros projetos. O mercado de NFTs é fluido, e as opções podem surgir com o tempo.

Por que os NFT são tão populares?

Existem várias razões pelas quais os NFTs são tão populares. Em primeiro lugar, eles oferecem a possibilidade de possuir ativos digitais verdadeiramente únicos,  garantindo autenticidade e escassez de ativos digitais. No passado, era difícil possuir ativos digitais, pois podiam ser facilmente copiados e partilhados. Os NFTs resolvem este problema, fornecendo uma forma de rastreamento da propriedade de ativos digitais na blockchain. Também há fatores ligados aos mercados de revenda, interesse de celebridades, tecnologia blockchain confiável, oportunidades criativas e acessibilidade global. No entanto, os NFTs também geraram críticas devido à especulação, impacto ambiental e preocupações sobre bolhas de preços.

Sobre o autor

Henrique Andrade Camargo

Jornalista com paixão por tecnologia e sustentabilidade. Medalhista de ouro no Prêmio Malofiej. Trabalhou na Avast, Grupo Abril e Mercado Ético.