Terra (LUNA) Cripto Review 2024: Guia completo

€ 0.0022

0.
Atualizado em 04:06:03 UTC
Circulação
1.71 Milhões LUNA

As 5 melhores plataformas de cripto

Coinbase Logo
4.8

Resenha Coinbase 2024

Kraken Logo
4.6

Resenha Kraken 2024

XTB Logo
4.4

Resenha XTB 2024

eToro Logo
4.7

Resenha eToro 2024

BTCC Logo
4.6

Resenha BTCC 2024

Coversor de Criptomoedas

Atualizado em 04:15:03 UTC

Compre luna-coin agora

Observação: Em 7 de maio de 2022, ocorreu o fim do token Terra Luna conforme a conhecíamos. O preço da LUNA despencou para quase zero. Mas, por quê? Primeiramente, devido à queda no ANC da Anchor, que representava os interesses dos investidores que haviam apostado na UST.

Em 9 de maio, as reservas de liquidez da UST foram negociadas abaixo do valor de paridade. Já que a UST era uma stablecoin lastreada pelo dólar. Ao mesmo tempo, houve uma súbita venda de LUNA, resultando em uma queda nas garantias de estabilidade entre UST e USD. Assim, entramos em um ciclo vicioso.

A empresa emitiu tokens LUNA com o intuito de manter o equilíbrio e proteger os investidores contra perdas. No entanto, apesar de todas essas medidas, o valor desses tokens continuou em declínio. Mesmo com a empresa alcançando uma liquidez de 1,5 milhão de dólares, o preço das ações caiu 99,9%.

Do Kwon, o fundador da Terra, partiu da Coreia do Sul em maio de 2022 e foi detido após 10 meses no Montenegro. Além disso, ele recebeu uma condenação de 4 meses de prisão devido à falsificação de documentos de identidade.

O que é Terra (LUNA) ?

É fundamental entender que, ao mencionarmos a concepção da Terra cripto, estamos, nos referindo à versão 2.0 deste ativo.

Anteriormente, a criptomoeda de primeira geração era um protocolo de blockchain derivado do Terra Classic e fundamentado no princípio de uma stablecoin. Essa stablecoin estava vinculada ao dólar americano e a outras moedas reais em todo o mundo.

Uma stablecoin é uma moeda que está indexada ao valor de uma moeda fiduciária. Apesar do seu colapso em 2022, esta moeda existe agora sob o nome LUNC e vale apenas alguns cêntimos. O ativo havia ultrapassado os 70 dólares antes do seu colapso.

Com a sua nova Terra blockchain, a empresa quis continuar o legado deixado pela Terra Classic. No entanto, é importante notar que, sem um dos seus princípios fundamentais, já não existe qualquer correlação com a stablecoin UST.

Após o colapso de muitas criptos, a ideia dos fundadores da (LUNA) era construir uma força equivalente, enquanto aprendiam com os erros antigos. Ainda em seu auge, a Terra Classic foi considerada uma das cripto mais promissoras do mercado global.

terra pagina inicial

A história da cripto Terra

A história da Terra é marcada por turbulências. Primeiramente, precisamos voltar até janeiro de 2018 para entender como o ecossistema Terra foi criado. Daniel Shin e Do Kwon conceberam o projeto com a ideia de utilizar blockchain para tornar as criptomoedas mais acessíveis. A abordagem central era garantir a estabilidade dos preços, vinculando o valor das criptos às moedas tradicionais, especialmente o dólar americano.

O colapso da Terra Classic trouxe uma reviravolta drástica na situação. Apesar de Kwon ter divulgado um plano de recuperação, enfrentou críticas por suas ações e após implementar a “hard fork”. Em 27 de maio de 2022, a Terra Classic lançou a Terra blockchain, atraindo proprietários antigos por meio de recompensas.

Alguns dias depois, as ações começaram a surgir e a definitivamente mudar o destino da criptomoeda e de seus fundadores.

Em nossa opinião sobre Terra, é difícil mencionar a criptomoeda LUNA sem trazer informações sobre os problemas relacionados a Do Kwon. Atualmente, o empresário está detido e, além disso, os problemas legais estão a aumentar, o que acrescenta riscos ao ecossistema Terra.

Os problemas legais do fundador da Terra

Como diretor da Terraform Labs e fundador do ecossistema Terra, o nome de Do Kwon continua a ser destaque nas notícias. Parece que o império que ele construiu não passava de um castelo de cartas, digno das maiores fraudes. É surpreendente pensar que a empresa e suas criptomoedas ainda estejam vivas, apesar das ações ilegais descobertas pela SEC. Entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul, o antigo membro da Universidade de Stanford pode enfrentar longos anos de prisão.

Logo após ter sido preso no Montenegro em março de 2023, após meses de fuga, Kwon pode ser extraditado. Nos Estados Unidos, ele pode enfrentar uma pena de até 100 anos de prisão, enquanto na Coreia do Sul, a pena seria de 40 anos.

Ao enganar de mandeira proposital os investidores, Kwon transferiu a maior parte de seus ativos para o Bitcoin, o que tornou impossível recuperar o dinheiro investido. A lista de acusações é extensa e, como esperado, o engano cometido por Kwon e seus colaboradores está ameaçando o futuro desta cripto.

Por que a Terra foi criada?

Sempre existe interesse na criação de uma cripto, seja uma moeda ou um token não fungível. No entanto, a versão inicial da Terra tinha o objetivo de democratizar o acesso à criptomoeda e vinculá-la a moedas reais. Em contraste, a Terra 2.0 adotou um princípio diferente.

No momento, a Terra 2.0 é uma criptomoeda única, pois ainda se apoia fortemente em um modelo minerado. Além disso, a preservação do ecossistema Terra depende da stablecoin algorítmica UST. Essa criptomoeda conta com a colaboração de criadores de aplicações DeFi, ou seja, descentralizadas.

Vários dos projetos iniciais da primeira blockchain migraram para esta nova e há vários exemplos disso:

  • Astroport
  • Prism
  • RandomEarth
  • Specturem
  • Nebula
  • Etc.

Considerando o princípio geral da criação deste ecossistema, é difícil ligar os problemas encontrados com os fatos. Segundo especialistas, o próprio Do Kwon poderia ter provocado o colapso. Uma vez que a Terraform Labs vendeu milhões de ativos dias antes da queda das ações. O fato é que a concepção deste ativo 2.0 continua a ser surpreendente e é difícil explicar hoje as razões exatas.

Como a cripto Terra (LUNA) funciona?

Antes de entrar em colapso, o protocolo Terra operava em seu próprio blockchain e incorporava um mecanismo de prova de participação (PoS). Os usuários que se tornassem validadores poderiam, portanto, apostar a LUNA.

A Terra tinha um grande potencial graças às stablecoins as quais estava associada, mas após maio de 2022, o sistema mudou significativamente.

Ainda em vigor, o ecossistema Terra Money parece ser a única caraterística plausível para o futuro da cripto. Graças a uma base sólida de aplicações criadas por programadores, os utilizadores da cripto LUNA podem aceder a numerosas soluções DeFi.

Sendo assim, Terra foi, portanto, concebida para oferecer aos programadores a chance de criar ferramentas avançadas graças a contratos inteligentes e, assim, conceber dApps. Essas mesmas aplicações têm a vantagem de altas velocidades de transação e custos de comissão barata.

A LUNA é o token nativo e seu principal uso ainda é proteger a rede contra o uso excessivo de certos recursos. Isto também inclui a sua utilização para pagar comissões aos operadores do sistema.

ecossistema terra

Como comprar Terra Luna?

Ainda é possível comprar a Terra criptomoeda e até mesmo (LUNC). Historicamente, todas as grandes plataformas de troca de cripto oferecem a opção de comprar e vender LUNA.

A maioria destas plataformas aceita moedas fiduciárias, mas também oferecem a opção de comprar LUNA com outras criptos bem conhecidas. É possível, por exemplo, combinar a compra de LUNA com Bitcoin ou Tether e plataformas como Huobi Global ou Kraken.

De modo quase paradoxal, a Binance anunciou que irá cooperar com os vários reguladores financeiros no processo judicial contra Do Kwon. No entanto, continua a ser uma das melhores plataformas para comprar LUNA da Terra.

Binance

  • Maior corretora de criptomoedas
  • Alta liquidez
  • Aplicação móvel fácil de utilizar

Binance

Visitar

Como comprar cripto LUNA na Binance (ver análise)? Em primeiro lugar, você precisa se cadastrar e fazer login, antes de seguir para a página de verificação. Este é um procedimento seguro e padrão no mundo das criptomoedas.

Assim que a sua conta for verificada, vá para a secção « comprar criptomoedas » da plataforma. Além disso, estão disponíveis vários métodos de pagamento, incluindo moedas fiduciárias tradicionais e criptos se já tiver algumas na sua conta Binance.

Em seguida, você deve clicar no botão « comprar » ou « achar » e selecionar a moeda desejada. A primeira moeda selecionada é sempre Bitcoin ou Ethereum, mas é claro que é possível alterar para LUNA.

Posteriormente, é preciso ajustar o valor e confirmar a compra. Portanto, são necessários apenas alguns segundos para obter os seus tokens LUNA. Em geral, o processo é parecido na Binance e em todas as outras exchanges.

LUNA: Índice Fear & Greed

Última atualização: 13 junho 2024

Atualmente: 46 Medo

Atualmente: 46 Medo

Ontem: 46 Medo

Semana passada: 44 Medo

Comprar cripto Terra Luna em 2024, é um bom investimento?

Como lembrete, estamos falando sobre Terra (LUNA), o token nativo do ecossistema Terra que surgiu em 2022, após a queda de (LUNC).

Como investir em Terra e criptomoedas sem acompanhar informações? Não é possível, é necessário ter em conta os dados e notícias. No caso da cripto Terra Luna, é impossível não considerar os problemas legais do seu fundador e também a fragilidade do universo e evolução Terra.

O valor do token caiu durante os meses que se seguiram, mesmo que tenha sido criado com um valor unitário próximo de 10 euros. Posteriormente, a notícia da fuga de Do Kwon aumentou o interesse e o valor desta cripto. Chegando a ultrapassar os 6 euros em setembro, logo depois o ativo retomou tendência clássica e tem caido desde então. Durante muitos meses, o valor de LUNA ficou entre 1 e 2 euros.

homem analisando dados

Dessa forma, a criptomoeda viu uma queda de mais de 50% em seu valor Terra em menos de um ano. É desafiador conceber uma recuperação completa do valor inicial da criptomoeda, especialmente quando consideramos as informações que cercam esse ecossistema.

Entretanto, o preço Terra relativamente atrativo pode atrair um certo número de investidores que continuam a acreditar no sistema proposto pelo universo Terra.

Nossa opinião final sobre a Terra

Em seus primeiros dias, a cripto Terra (LUNA) apresentava algumas características muito interessantes e inovadoras. No entanto, a queda do antigo ativo deixou essa visão de lado, já não existem mais stablecoins vinculadas ao (LUNA). Ainda assim, na nossa perspectiva, as oportunidades permanecem abundantes neste ecossistema e em sua própria blockchain.

Entretanto, não podemos ignorar as notícias que envolvem a própria Terra. Apesar da inovação do seu conceito, parece ter sido construída sobre um engano em grande escala. Em 2023, é praticamente surpreendente que ainda esteja disponível para exchange.

O destino da LUNA permanece incerto, e será necessário análise do caso para determinar se essa criptomoeda vai ou não perdurar. O futuro depende da informação sobre Terra e avaliação dos próximos capítulos.

A cripto Terra (LUNA) está presente no Brasil, Portugal, Estados Unidos, Coreia do Sul e pode ser negociada em diversas corretoras de que operam nos países.

KuCoin

  • Ampla variedade de criptomoedas
  • Opções avançadas de trading
  • Tarifas competitivas

Suas perguntas sobre a Terra

O valor da LUNA é inexistente, o token deixou de existir após perder mais de 99,9% de seu valor em apenas alguns dias após o famoso caso “Luna – Do Kwon”. O fundador do projeto foi preso em Montenegro e enfrenta a extradição para os EUA ou para a Coreia do Sul.
Em menos de 12 meses, (LUNA) perdeu mais de 99,9% do seu valor. A última coisa que você deve fazer hoje é investir neste token. Milhões de pessoas perderam dinheiro devido a este caso, cujas repercussões no mercado das criptomoedas foram trágicas.
Do Kwon foi detido em março de 2023 no Montenegro, ele deverá ser extraditado para os Estados Unidos ou a Coreia do Sul para ser julgado.
Sim, o projeto Luna Classic (LUNC) é destinado a substituir a LUNA e a restaurar a confiança dos investidores e já conquistou um bom número de pessoas, embora atualmente não seja um dos líderes de mercado.